EWG: 'Dia do acerto de contas um passo mais perto

Para divulgação imediata:

Segunda-feira, 30 de setembro de 2019

WASHINGTON – Um juiz federal hoje permitiu que uma ação coletiva contra a 3M, DowDuPont, Chemours e seis outras empresas prosseguisse quando negou todas as moções para arquivar o caso apresentado por essas empresas químicas responsáveis ​​pela produção de produtos químicos fluorados tóxicos chamados PFAS.

O processo foi iniciado inicialmente em nome de Kevin D. Hardwick, de Glendale, Ohio, que foi exposto ao PFAS durante seus 40 anos de carreira como bombeiro. Como uma ação de classe, inclui todos os residentes nos EUA com níveis detectáveis ​​de produtos químicos PFAS no sangue e que alegaram ter sido feridos por serem expostos.

"Essas empresas contaminaram conscientemente o sangue de praticamente todos no país", disse o presidente do EWG, Ken Cook. “A 3M e a DuPont têm conhecimento oculto sobre a toxicidade dos produtos químicos PFAS de seus próprios funcionários e do público há décadas, e essas decisões fatídicas voltaram para casa. O tribunal notificou a indústria química de que estamos um grande passo mais perto do dia do acerto de contas para empresas que obtiveram lucros com a proteção da saúde dos americanos ".

Rob Bilott, principal advogado do caso, representou dezenas de milhares de vítimas de PFAS desde que expôs a contaminação da DuPont pela água potável das comunidades em torno da fábrica de Teflon da empresa em Parkersburg, W. Va. O EWG trabalha desde 2001 para expor as décadas de enganos da DuPont, da 3M e de outras empresas que contaminaram o sangue de praticamente todos os americanos com produtos químicos PFAS, alguns dos quais têm sido associados a câncer, danos ao sistema imunológico e reprodutivo e outros problemas de saúde.

"Todos os americanos devem uma enorme dívida de gratidão a Rob Bilott e sua equipe, que lideraram a luta para responsabilizar a 3M e a DuPont", disse Cook. "A decisão de hoje é uma vitória significativa na luta pela justiça em nome de todos no país que foram prejudicados pela PFAS e pelas empresas que as fazem".

###

O Grupo de Trabalho Ambiental é uma organização sem fins lucrativos e apartidária que capacita as pessoas a viver vidas mais saudáveis ​​em um ambiente mais saudável. Através de pesquisa, advocacia e ferramentas educacionais exclusivas, o EWG promove a escolha do consumidor e a ação cívica.

Esta matéria foi traduzida e republicada. Clique aqui para acessar o site original.