Os cientistas estão usando a luz 10 bilhões de vezes mais brilhante que o Sol para decifrar pergaminhos enterrados quando o Monte Vesúvio entrou em erupção em 79 dC.

Uma equipe da Diamond gentle supply, em Oxfordshire, está trabalhando para ler os pergaminhos, que foram carbonizados há quase 2.000 anos atrás, quando a cidade romana de Herculano foi enterrada em cinzas vulcânicas.

Os dois pergaminhos completos e quatro fragmentos pertencem ao Institut de France em Paris.

Jornalista em vídeo: Chris wooden

Esta matéria foi traduzida e republicada. Clique aqui para acessar o web site original.