Os funcionários das Câmaras de Apelação do Governo Local e do Gabinete Marítimo participaram do quinto treinamento organizado no âmbito do projeto "Acesso à justiça para uma Europa mais verde". Foi realizado em 17 de setembro em Szczecin.

Anna Barczak – Chefe do Departamento de Direito de Proteção Ambiental da Faculdade de Direito e Administração da Universidade de Szczecin e Magdalena Bar da firma de advocacia Jendrośka Jerzmański Bar e Wspólnicy, discutiu o acesso a justiça em questões ambientais na Convenção de Aarhus, no direito europeu e nos regulamentos nacionais.

O workshop foi acompanhado de discussões sobre a melhoria da eficácia da aplicação do direito da UE pelos tribunais e órgãos administrativos dos Estados-Membros. Assinalou-se que a comunicação da Comissão sobre o acesso à justiça em questões ambientais, que presta assistência aos Estados-Membros, tribunais nacionais, profissionais do direito e ao público, pode desempenhar um papel significativo neste domínio.

Além disso, a questão do acesso aos procedimentos de revisão de decisões que requerem participação pública foi objeto de intenso debate. A discussão se concentrou nas questões do escopo do controle judicial e institucional, a jurisprudência indicando que o tribunal administrativo não faz uma avaliação substantiva do relatório sobre o impacto de um determinado projeto no meio ambiente.
Os participantes compartilharam sua experiência nessa área, enfatizando as questões relacionadas à nomeação de especialistas.

Marius Niveri

Esta matéria foi traduzida e republicada. Clique aqui para acessar o site original.