• Os Estados Unidos alertaram seus aliados de que a Rússia está acumulando tropas na fronteira com a Ucrânia. Bloomberg relatou.
  • Fontes disseram que poderia colocar 100.000 soldados nele, muro de metade dos quais já estão lá.
  • Os EUA alertaram que a Rússia pode invadir no início de 2022, de combinação com o relatório. A Ucrânia advertiu o mesmo.

Nós sentimos muito! Encontramos um erro de sistema e, desta vez, não foi verosímil restaurar seu e-mail.

Os EUA alertam que a Rússia está expandindo maciçamente sua presença militar ao longo da fronteira com a Ucrânia e pode invadir nos próximos meses. fontes disseram à Bloomberg.

Fontes descritas uma vez que cientes da situação disseram à Bloomberg que os Estados Unidos compartilham uma avaliação de que poderia possuir muro de 100.000 soldados destacados se a Rússia sentenciar ir em frente.

Duas das fontes disseram que já há muro de metade desse número.

Bloomberg relatou que informações sobre o aumento das tropas russas foram dadas a membros da OTAN nos últimos dias.

A avaliação está amplamente de combinação com a do superintendente da escritório de perceptibilidade de resguardo ucraniana, que ele disse ao Military Times que a Rússia tem quase 100.000 soldados estacionados em suas fronteiras com a Ucrânia.

Parecia que estava se preparando para invadir no início do próximo ano, no final de janeiro ou início de fevereiro.

A Bloomberg também relatou que os EUA alertam que Putin pode considerar uma invasão no início de 2022.

Os Estados Unidos não têm certeza se uma invasão é alguma coisa que a Rússia realmente fará, informou a Bloomberg.

A Rússia está negando tais planos, informou a Bloomberg.

Este item foi reescrito, traduzido de uma publicação em inglês. Clique cá para acessar a material original (em inglês)!