A asteróide vai permanecer muito perto terreno nesta quinta-feira (24 de setembro), quando nosso planeta sopra através de nosso planeta mais perto do que as órbitas da lua.

Não se espera que o asteróide (publicado uma vez que 2020 SW) colida com a terreno, de simetria com o Center for Near Earth Studies (CNEOS) no Laboratório de Propulsão a Jato em Pasadena, Califórnia. Mas vai se aproximar, passando a reverência de 27.000 quilômetros de pausa da terreno, de simetria com o Projeto Telescópio Virtual.

Este item foi reescrito, traduzido de uma publicação em inglês. Clique cá para acessar a material original (em inglês)!